Arquivo da tag: sede

obscuridad com brillo excessivo

Padrão

obscuridad con brillo excessivo

por john milton, 1600

***

eu olho para eles e eles olham para mim.
eles olham para mim e eu olho para eles.
nós nos olhamos.
nós nos vemos?
nós nos conhecemos?

***

estetica do excesso como escudo.

***

cosmovisão o caminho da natureza.

***

seremos socialistas por necessidade.

***

a morte que nos acompanha é a vida que nos acontece.

Obsolecencia Programada

Padrão

http://www.rtve.es/alacarta/videos/television/comprar-tirar-comprar/983391/

Documentario sobre Obsolecencia Programada – 2011 – Espanha

 

 

As Tentações de Santo Antonio – por hieronymus bosch

 

consumir ilimitadamente em um planeta finito

é como chocar-se a um muro

e cair no precipício.

amor

Padrão

Nuvem – intervenção de Vik Muniz

 

Leve, como leve pluma

Muito leve pousa

Na simples e suave coisa

Suave coisa nenhuma

Sombra silencio ou espuma

Nuvem azul que arrefece

Simples e suave coisa

Suave coisa nenhuma,

Que em mim amadurece

por João Apolinário e João Ricardo (Secos e Molhados)

*querida Micheline, muito bem lembrado!

O sagrado dos limites

Padrão

Travessia Agua – performance Flavia Vivacqua – 2008

 

na queda abismal do rio

onde há energia renovavel

o sagrado dos limites

a chave unica daquela gaveta

entregar-se e defender-se

equilibro dinamico

a harmonia do caminho do meio

ACORDADORMEACORDADORMEACORDADORMEACORDADORME

Padrão

foto por Flavia Vivacqua, heitor penteado maio 2010

 

SONHO, UM GOLE DE REALIDADE

°°°

O AMOR E A MORTE MUITO PERTO

CONSCIENCIA DOS LIMITES

°°°

CONSERVAÇÃO E MUDANÇA

°°°

A FORTALEZA E A FRAGILIDADE DA CONFIANÇA

°°°

SOBRE A CORAGEM DE TER LIBERDADE

E SOBRE A CORAGEM DE NÃO TE-LA

do novo começo

Padrão

depois de alguns anos de seca,

(r)entorno gole d’agua!

são palavras, fragmentos, passagens, pensamentos, insight, sonhos, imagens.

pes-nuvensweb1.jpg